Bicho à Toa – Grupo Candeeiro


1º Ronco do Bugio – São Francisco de Paula – RS – 1986.

BICHO À TOA

Letra: Emerson Becker Dutra
Música: Emerson Becker Dutra
Intérprete: Grupo Candeeiro

Essa história que eu canto
No Rio Grande foi que surgiu
Jaquirana, terra do bicho
Que pariu este bugio

“Quinze palmo” da cola ao fucinho
Roncador tal qual “oito baixo”
Bombacha, bota e espora
Bicho à toa, criado guaxo

Ronca bugio, bate o pé
Não tirando ninguém pra compadre
No mato quem manda é bugio
E até “lobisome” já virou comadre

Em rodeio, também em carreira
Nunca encontrou um parceiro
Quando via que tava perdendo
Puxava do mango e ganhava no “fuero”

Mas num jogo bem carteado
Só jogava no mano a mano
Se a coisa ficasse preta
Ganhava por baixo do pano

Não podia escutar uma cordeona
Já pensava que tinha fandango
Queria biquear uma china
Igualzito uma briga de frango

Se levasse algum carão
Ficava desnorteado
Se bandeava lá pra copa
E já gastava seus cruzados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s