Freio – Mauro Moraes


6ª Nevada da Canção Nativa – São Joaquim – SC – 2016.

FREIO

Letra: Mauro Moraes
Música: Mauro Moraes
Intérprete: Mauro Moraes

Temos responsabilidade
com a palavra
ajustada ao caráter
numa bomba de mate
numa erva lavada…

Temos culpabilidade
pelo revés
reservado a bolada
desta trampolinada
dos conto de réis…

Não estamos aqui!
Pra salvar as aparências
Estamos sim, pra por um fim.

Dizem por aí
que o tempo foi matar a saudade
que o amor cumpre pena
escorado a um poema
na flor da idade…

Dizem por aí
que o vento durante o inverno
corta firme, frio e seco
igual ao freio
na boca d’um verso…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s