Benzido – Ita Cunha


10º Cante Uma Canção em Vacaria – Vacaria – RS – 2016.
Composição premiada com o Segundo Lugar, Melhor Letra (Adriano Silva Alves) e Melhor Intérprete (Ita Cunha).

BENZIDO

Letra: Adriano Silva Alves
Melodia: Juliano Gomes
Recitado: Juliano Gomes
Intérprete: Ita Cunha

Em nome “do filho” eu rezo
A mais perfeita oração;
Em nome “de pai” me ajoelho,
Benzido em teu nome, João…

João das luas que procuro
Nas tantas vidas inteiras;
Que se repetem nas noites,
Junto a um Rosário de estrelas.
Nas horas em que o silêncio
Veste a cor das madrugadas;
Dormindo em véu de sereno,
Sorrindo em pele de geada.

João do tempo que caminha
Com a paciência de uma espera;
Ventre da flor que rebrota,
Sem mesmo ser primavera.
Lágrima simples que choro
Sobre a forma dos meus dias;
Gotas de um rio cristalino,
Que encontra o mar, na poesia.

João dos versos que derramo
Na idade avessa do tempo;
Palavra que ganha vida,
Presa nos lábios do vento.
Que solitário repete
O que em silêncio escutou;
Mais puro gesto de amor!
Que a voz do “amor” pronunciou…

“João Henrique, tantas luas
Junto a um Rosário de estrelas;
João do tempo que caminha,
Nas tantas vidas inteiras.
João dos versos que derramo
Com a paciência de uma espera;
Ventre da flor, que rebrota,
Sem mesmo ser primavera”.

Em nome “do filho” eu rezo
Benzido em teu nome, João;
Em nome “de pai” me ajoelho,
Na mais perfeita oração…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s