Reinventando o Estradear – Robledo Martins e Rui Carlos Ávila


O Rio Grande Canta o Cooperativismo – 3ª Edição – Gramado – RS – 2009.
Composição premiada pelo Melhor Arranjo.

REINVENTANDO O ESTRADEAR

Letra: Caine Teixeira Garcia
Música: Robledo Martins e Rui Carlos Ávila
Intérpretes: Robledo Martins e Rui Carlos Ávila

Estrada longa e severa
De tortuosos caminhos…
E vinha o Homem judiado,
Colhendo agrura e espinhos,
Noites escuras sem fim
Pra quem andeja sozinho.

Fraquejou tantas vezes
Não tendo e que se apoiar;
Esmoreceu esperanças,
Quase deixou de lutar –
Mas renasceu para o mundo
Reinventando o estradear.

Soube buscar em seus pares
A força que lhe faltava
E decifrou nos olhares
O que ele tanto buscava:
Paz e solidariedade
Para trilhar as estradas.

Então, já não mais quimera,
O sonho virou realidade
E o Homem quase “tapera”
Comungou da boa vontade,
Esqueceram-se mazelas
Num tempo de igualdade.

O sol brilhou novamente
E o Homem soube plantar,
Colheu os frutos do bem
Que só a união pode dar
E Deus abençoou a colheita
De quem reinventou o estradear.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s