O Inverno – Leopoldo Rassier


5ª Sapecada da Canção Nativa – Lages – SC – 1997.
Composição premiada com o Segundo Lugar.

O INVERNO

Letra: Heleno Cardeal
Música: Pedro Guerra
Intérprete: Leopoldo Rassier

Segredou-me o vento sul
Que cabresteia o inverno,
Cantando nas casuarinas,
Rompendo folhas e cerne;
Lãs que tenho, lenha pouca,
Silêncios de quase um ano…
Sabenças que armazenei,
– Insuficientes, bem sei –
Para enfrentar o tirano.

Qual general de campanha,
Vai mandar o minuano!
Virá, com mil artimanhas,
Intimidar o meu rancho.
E eu, silente, mateando…
Fogo de chão caprichado,
No meu pala, enrodilhado,
Vou me quedar, esperando.

Nunca o temi… que o varal
De charque era lotado;
Cavalo bem amilhado,
Vinho pra cem madrugadas;
Erva mansa, quincha buena
De santa fé, despontada;
Violão para as insônias
Que, por amargas e longas,
Tinha a alma calejada.

Já nem mais canto milongas,
Temendo o embate fatal!
Dá pena ver o varal
Sem a fartura das mantas;
Não sei se ri ou se canta,
O vento quando ultrapassa…
Não tou chorando, senhores!
É o efeito da fumaça…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s