Forasteiro – Éder Goulart


12ª Sapecada da Serra Catarinense – Lages – SC – 2012.
Composição premiada com o Terceiro Lugar.

FORASTEIRO

Letra: Jean Taruhn
Melodia: Éder Goulart
Intérprete: Éder Goulart

Até onde vai o amor
Antes de virar prisão?
Esse teu beijo é entrega
Ou medo de solidão?
Qual o tom em que o sim
Passa ser um claro não?
Será o fim da luz o poente
Ou a margem da escuridão?

Que palavra une os lábios,
E qual a que cerra os dentes?
Se a verdade tem dois lados
Como encará-la de frente?
Se sou eu um forasteiro
Nos dois lados da fronteira
Como saber quais as cores
Ausentes da minha bandeira?

Qual a linha que divide
A minha aldeia da tua?
Em que pilares de vento
Esta fronteira flutua?
É tudo risca de giz
Ou há um abismo, deveras?
Nem inverno nem verão
Quero eternas primaveras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s