Senhora Dona da Noite – Matheus Leal


35ª Gauderiada da Canção Gaúcha – Rosário do Sul – RS – 2017.

SENHORA DONA DA NOITE

Letra: Edilberto Teixeira
Música: Edilberto Teixeira Neto
Intérprete: Matheus Leal

Senhora dona da noite,
Madrinha do peão solito,
Escuta lá no infinito
Meu canto de serenata.
E, lá no imenso vazio,
Inventa um trote macio
Pra o verso que me arrebata.

Teu clarão é um flete baio
Montaria do índio vago
Quando, ao tranco, bebe um trago
No cantil cheio de estrelas.
E vê, dançando, a própria sombra
No compasso da milonga
Sensorial da ponte-suela.

MUITO CEDO, É MADRUGADA,
NÃO SE VÁ, SENHORA, AINDA!
LINDA É A NOITE!
NOITE LINDA
DE CANTAR PRA MINHA AMADA!

Senhora dona da noite,
Espera um pouco, e ilumina
A inspiração repentina
Deste peão que te acha linda.
Lhe ensina a ser cantador
E, com a alma de pajador,
Beber no céu da cacimba.

E inventa um candil crioulo
Pras noites de pescaria,
Quando o peixe e a poesia
Quebram o anzol da solidão.
Não se vá ainda, senhora,
Porque vem surgindo a aurora
E eu vou esquecer esta canção.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s