Benquerença – César Passarinho


5ª Seara da Canção – Carazinho – RS – 1985.
Composição premiada em primeiro ligar na Categoria Nativista, Prêmio Especial sobre Emoções Gáuchas e Melhor Conjunto Instrumental.

BENQUERENÇA

Letra: João Batista Machado
Melodia: Julio Machado da Silva Filho
Intérprete: César Passarinho

Da meia-noite pra o dia,
Quando o pago ainda dormia,
Com um beijo eu te acordei…
Assumir a um compromisso,
Foi então, somente, por isso
Que de ti me separei.

Memorizei os teus olhos,
Que me olhavam da porteira,
E eles foram luas cheias,
Clareando minha vida inteira.

Depois de tempos passados,
De balancear os trocados,
Dei de rédea ao coração…
Voltei voando, como o vento,
Sem tirar do pensamento,
Tu, mulher; meu lar, meu chão.

A lo largo, eu aprendi
Muita coisa de valor…
Mas nenhuma me ensinou
A viver sem teu amor.

Me abraça forte, querida,
Hoje eu vou cobrar da vida
As noites que não dormi.
Me alivia em teu carinho,
Enquanto eu digo, baixinho,
Um verso quue fiz pra ti.

Não há nada mais bonito
Que o murmúrio da tua voz…
E um piazito trabuzana
Fazendo festa pra nós.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s