A Quem Tirar o Chapéu – Ita Cunha


2º Festival Nativista Canto de Luz – Ijuí – RS – 2013.

A QUEM TIRAR O CHAPÉU

Letra: Volmir Coelho e Othelo Caiaffo
Melodia: Volmir Coelho e Othelo Caiaffo
Intérprete: Ita Cunha

Existe um “cuento” de assombro faz tempo
De um vulto a cavalo que vem pra matear
Chapéu entre as mãos, e poncho no ombro
Se achega e se apeia, sem nada falar…

Estória de ronda me contou um tropeiro
Que foi um ponteiro de uma tropa que vinha
O tempo se armou e ponchos se abriram
Mas só este homem não desemalou…

Raios se cruzavam, qual “planchaços” de adaga
A tarde encharcada branqueou o corredor
Mas só este homem, por uma palavra
Talvez duvidando de nosso senhor…

– Bota pra baixo pai velho – gritava!!!
Com seu aba larga preso entre as mãos
Tem poder a palavra, um a menos na tropa…
…uma égua “planchada” e um corpo no chão!

Estórias de ronda em noites tropeiras
Quando se da asas ao pé do fogão
Em sinal de respeito, quando a Deus se clama
O mais taura dos homens vai de chapéu na mão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s