Meu Abraço é um Chamamé – Cristiano Fantinel


Ronda Virtual da Canção – 2020.

MEU ABRAÇO É UM CHAMAMÉ

Letra: Passarinho Nunes e Maximiliano Moraes
Melodia: Cristiano Fantinel
Intérprete: Cristiano Fantinel

Olfatiei a queromana
Ouví ronco de cordiona
E a goela de um cantador.
Nas pilchas de peão campeiro
Trago um jeito galponeiro
Porém, flor de dançador.

Não é por borracho ou louco
Nem por andar mal dos troco
Que me paro de costado.
Quem não sabe o que “dizê”
Encontra num chamamê
A desculpa pra um agrado.

No calor de uma bailanta
Pra se agarrar “nas percanta”
Tem que ser solto “dos pé “.
Sair tenteando a experiência
Com a valoroza ciência
De dançar um chamamé!

Embora a pilcha surrada
Pisoteio a madrugada
Buscando o riso da flor.
E sem “faltá” com respeito
Acomodo ela com jeito
Bem perto do sangrador.

Pra quem mateia sozinho
Essa escacez de carinho
Judia feito um laçaço.
Mas num bailado fronteiro
Se agranda um chamamecero
Quando reparte um abraço.

No calor de uma bailanta…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s