Baita Abraço – Igor Tadielo


Ronda Virtual da Canção – 2020.

BAITA ABRAÇO

Letra: Mário Amaral e Cleiber Rocha
Melodia: Zulmar Benitez
Intérprete: Igor Tadielo

Num tironeio de espora riscando barbela e encilha
É onde os baguais se encontram com ideais farroupilhas
Pelo destino do laço o pampa vai na presilha
Cortando ventos campeiros no lombo dessas coxilhas

Pra quem chega junto ao fogo numa roda de irmãos
Carne gorda do churrasco e o sabor do chimarrão.
O som marcante da gaita e o ponteio do violão
Retratam o nosso pago numa milonga ou num vanerão

Nas reculutas da vida entre pua e manotaço
O gaúcho expõe a alma co’a força de um baita abraço

O Sul nos dá a querência semblante de sol e geada
Partilhando a liberdade nas trilhas da caminhada
Num verso de volta e meia a bailanta esta formada
E o Rio Grande se agiganta no jeito da gauchada

Pra quem anda de “acavalo” em rondas pelo rincão
Sabe o valor da amizade nessa vivência de irmão
Cada pessoa é um palanque na defesa deste chão
E sabe tratar um amigo com os olhos do coração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s