Namoro Com Bolo Frito – Ataliba de Lima Lopes


8º Festival da Música Crioula de Santiago – Santiago – RS – 1988.
Composição que levou o prêmio de Música Mais Popular.

NAMORO COM BOLO FRITO

Letra: Ataliba de Lima Lopes
Música: Eurides Nunes
Intérprete: Ataliba de Lima Lopes

Quando vou ver minha prenda,
Mato a coceira da goela…
Bolo frito com açúcar
E bolo frito com canela!

Fogão de lenha comprida,
Com a boca que é uma trincheira;
Bolas de massa – batida –
Dançando na frigideira.

Namorar é muito bom,
Tanto é bom, como é bonito!
Namorar com mate doce
E um prato de bolo frito…
Bolo frito com açúcar!
Bolo frito com canela!

As mocinhas da campanha
São lindas como o infinito…
Seus lábios – cor de pitanga –
Lustrosos de bolo frito.

Pra o amor ficar gostoso,
Tem que ser bem ‘cinchadito’,
Pra sentir o perfume dela
E o toque do bolo frito!

Minha vizinha é letrada,
Diz que é sonho com canela!
Eu chamo de bolo frito,
Mas sonho com a filha dela!

Quando cruzo na cozinha
Pra reacender o meu pito,
Farejo nas prateleiras
O cheiro de bolo frito.

Bolo frito é um adulão
– Fazedor de casamento –
Dá “cupim” em muitas moças
Com a força do seu fermento.

…E um dia a velha nos pega
Pela fresta da janela…
Nós comendo, sem açúcar,
Bolo frito e só canela!

(Homem frito sem açúcar…
Homem frito com canela!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s