Bendita Essa Gurizada – Dartagnan Portela e Ita Cunha


23ª Tafona da Canção Nativa – Osório -RS – 2013.

BENDITA ESSA GURIZADA

Letra: Jaime Brum Carlos
Música: Sabani Felipe de Souza
Intérprete: Dartagnan Portela e Ita Cunha

Bendita essa gurizada
Que se pilcha e vai pra rua,
Galitos trocando as penas,
Recém apontando as puas…

Mateiam pelas esquinas
E avenidas da cidade,
E enchem de telurismo
Os bancos da faculdades.

O seu galpão é a varanda
De um prédio no condomínio
E os muros, cercas de pedra,
Que não prendem seus fascínios

Pelas metáforas “gauchas”
Nas milongas e payadas
Que escutam nos fins de tarde,
Nos piquetes das calçadas.

Meu verso canta e se encanta
Com estes jovens povoeiros,
Que amam o nosso campo,
Mesmo não sendo campeiros.

Não se prendem à convenções
De pilchas preconcebidas,
Pois seu amor pelo pago
Não têm cores nem medidas.

Trazem a xucra rebeldia
Em repúdio aos preconceitos,
Mas ante ao Hino Rio-grandense
Se perfilam por respeito.

Seus olhos vislumbram campos
Nas nuanças do pensamento,
Pendurados nas paredes
Da sala do apartamento.

Pois têm no subconsciente
Raízes intemporais,
Repulsando nas entranhas
A seiva dos ancestrais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s