Gumercindo Peão de Estância – Gilmar Cavalli


7ª Sapecada da Serra Catarinense – Lages – SC – 2007.
Composição premiada como a Música Mais Popular.

GUMERCINDO PEÃO DE ESTÂNCIA

Letra: Sandro Arruda e Adilson Rogério de Oliveira
Música: Adilson Rogério de Oliveira
Intérprete: Gilmar Cavalli

Gumercindo – domador, peão de estância,
Culatreou dias entre timbas e alagados;
Apontou ontem na velha estrada dos fundos
Com a tropilha de cavalos colorados.

É domador e changueador o Gumercindo,
Sempre lidou com potros xucros e aporreados;
Numa pousada, outro dia, o Gumercindo
Me prometeu um flete bueno e encilhado.

Reuniu a tropa na mangueira lá da frente,
Saiu graúdo, separando a preceito;
Disse que era bem domado o colorado
– Um bom cavalo, pingo bueno e de respeito.

O Gumercindo sabe bem, conhece a lida
E o que precisa pra fazer um bom cavalo!
Na doma é mestre – nesta lida é doutor!
Gumercindo – peão de estância é domador!

Pra jogar laço, faz cavalo o Gumercindo,
Sendo pra lida, faz cavalo preparado;
E lá pra vila vai se indo, num domingo,
Sai bem garboso num namoro apaixonado.

Gumercindo é um dos tantos domadores
Que, sob o lombilho, mostram a arte com bravor!
Levam no peito o orgulho de suas raízes
E os versos xucros deste simples trovador.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s