Bem Querer – Marcelo Oliveira


1º Canto Sem Fronteira – Bagé – RS – 2003.
Composição que conquistou os prêmios de 2º Lugar e Melhor Melodia.

BEM QUERER

Letra: Xirú Antunes
Música: Juliano Gomes
Intérprete: Marcelo Oliveira

Somente a intenção do gesto
Bastou pra os desassossegos,
Quebrou o encanto do antigo
Feito de pedra e lamento.

Tenho a alma tapejara
Do mundo sem aramados,
Bastou a intenção do gesto,
E a ternura fez costado.

Dos teus olhos esverdeados
Colho meus dias melhores,
Solidão não me consome,
Dos males então os menores.

Somente um fogo para as tardes,
Destas cinzentas de frio
Tu que me alcanças um mate,
Remédio pra os meus vazios.

De vereda eu me comovo,
Esqueço o jeito da estrada,
De repensar no que leva,
Às contas do que já falta.

Ao me plantar num fogão
Sem bate-bate de cascos,
Somente os olhos cativos
De me apegar março a março.

Descalço o aço de estrelas,
Das intenções andarilhas,
Pra ser manso nos silêncios
Sem légua a perder de vista.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s