Da Vida Simples do Campo – Ricardo Bergha


17ª Sapecada da Serra Catarinense – Lages – SC – 2017.

DA VIDA SIMPLES DE CAMPO

Letra: Conrado Bach Neto Júnior
Melodia: Conrado Bach Neto Júnior
Intérprete: Ricardo Bergha

Quando os campos reverdecem e mil flores aromadas
Vão ressurgindo formosas no caminho das aguadas
A pampa se enche de vida, refletindo a existência
É a beleza nativa a engrandecer a querência

Neste rincão de universo, de mil encantos sem fim
Revivem terrunhos sonhos ao mais interior de mim
A alma busca guarida nas coisas simples da vida
Por ter nascido campeiro, tal como as flores nativas

Não necessito mais nada, além de minhas riquezas
O rancho para uma dona, com sua rude nobreza
A vida simples, apenas, minha alma satisfaz
E, aos conflitos da cidade, prefiro o campo e a paz

E quando o brilho da noite vem surgindo na canhada
Contemplo a moça morena que me aquenta as madrugadas
E o fruto meigo e querido, presente vindo dos céus
Alegra o rancho pequeno junto à luz dos olhos teus

Não necessito mais nada, além daquilo que é meu
Riquezas que não tem preço, regalos que Deus me deu
A minha sorte me basta, pois minha grande ambição
É viver dignamente, aquerenciado ao meu chão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s