Loco Véio – Ita Cunha


19ª Estância da Canção Gaúcha – São Gabriel – RS – 2012.

LOCO VÉIO

Letra: Diego Müller e Binho Pires
Música: Érlon Péricles
Intérprete: Ita Cunha

É ‘Loco Véio’ este meu ‘perro crioulo’,
Que já me deu muito couro de lebre e de graxaim…
Não perde vaza na mulita e na perdiz…
– Acha o rastro no nariz, junta o bicho e traz pra mim!

Achei filhote numa capela assombrada
E já me deu uma dentada, lá dentro do cemitério…
– ‘Cimarrón macho’, de pêlo lindo e tigrado,
Que por tão endiabrado apelidei – ‘Loco Véio’!

‘Che Loco Véio’, não dá folga pra cadela,
Se firmando nas “costela”… e é pra já que dá o engate!…
– Pode “dar pau”, ou botar-lhe água fervendo
Que o ‘Loco Véio’ – querendo – firma mais do que alicate!!!

Ôh ‘Loco Véio’, honra o nome e o sobrenome,
Que pelo cachorro do “home” dá pra medí a procedência!…
– O taura e o cusco dão “ruim” cruzando com sorro…
…E tem muito “home-cachorro” andando pela querência!!!

Mas, ‘Loco Véio’ tem um ouvido de espanto,
E se “saímo” pro campo é firme nas “campereada”:
Turuno alçado que “qué” fazer bonitinho
O Loco arranca o focinho… e deixa de “oreia” rachada!

Por “véio” e “loco” dá quartel na gataiada
E já se agarra a dentada se um osso sobra no chão…
E bota em forma a jaguarada da estância
– Que um cachorro das “confiança” anda é limpo co´o patrão!

‘Che Loco Véio’ bota ordem na mangueira,
É ligeiro igual cruzeira… e não tem regalo no dente!…
Vai se negando de coice, ”pizão” e aspada
– Que essa lida mais pesada é só pra cachorro valente!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s