Canção Para um Peão Solito – Nilton Ferreira


7º Festival Tradicionalista de Mata – Mata – RS – 1994.
Compoisção premiada com o Primeiro Lugar.

CANÇÃO PARA UM PEÃO SOLITO

Letra: Jairo Lambari Fernandes
Música: Nilton Ferreira e Álvaro Feliciani
Intérprete: Nilton Ferreira

O vento forte vem trazer recados
Dos alambrados, ressonando anseios,
Onde mateio a minha saudade
E a longa idade me afrouxa os arreios.

O tempo corre ao redor do rancho
Pelos verões, me assoleando a vida,
Vou revelando meus cabelos brancos
E sigo, aos trancos, refazendo lidas.

Um dia eu sei que vou mudar de rumo
E o rancho velho vai virar tapera…
Quem sabe um dia, voltarei no vento
Ou nas manhãs de alguma primavera.

Não tive amores que me dessem frutos,
O tempo curto mal dava pras lidas,
Vi o piazedo na ilusão dos mates,
Só eram sonhos pra enfeitar a vida.

Não tive netos pra escutar meus causos,
Não fiz pandorgas, nem laços de embira,
A noite vira, retrechando o tempo,
São meus lamentos que a morte não tira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s