A Lo Largo – Raineri Spohr


2ª Manoca do Canrto Gaúcho – Santa Cruz do Sul – RS – 2007.
Composição que conquistou o prêmio de Melhor Poesia.

A LO LARGO

Letra: Mateus Neves da Fontoura
Música: Felipe Radünz
Intérprete: Raineri Spohr

Aos olhos de um campeador
Que traz na alma o que trago
O campo sempre terá
Algum poema guardado

Da lassidão da laguna
Às pitangueiras em flor
Do xucro mandando lombo
À estampa do domador

Na calma do parador,
Na sombra da casoarina
Florescem versos na espera
No desvendar das retinas

Quem volta os olhos pro campo,
Atento a simples regalos
Compreende tudo o que enxerga
Feito um poema “a lo largo”

Em cada palmo de pampa
Um palmo de poesia
Manancial de sentimentos
Na fonte das sesmarias

Da mangueira em pedra moura
Ao rancho do João Barreiro
Do romper da madrugada
Ao pôr-do-sol costumeiro

No “venha boi” do tropeiro,
Na tropa seguindo ao tranco
Na cerca que guarda o vento
A crina presa num grampo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s