Guaxos – César Passarinho e Os Posteiros


3º Canto Alegretense da Canção Gaúcha – Alegrete – RS – 1992.
Composição que recebeu os prêmios de Primeiro Lugar e Melhor Poesia, Melhor Intérprete (César Passarinho) e Melhor Indumentária (Os Posteiros).

GUAXOS

Letra: Alcy Cheuiche
Música: Júlio Machado Silva Filho
Intérprete: César Passarinho e Os Posteiros

Um ponto branco perdido pelo campo
Puxa a pandorga negra lá do azul
O corvo desce em busca de um cordeiro
Mas bate as asas ao ver o cavaleiro
Que surge a galope, lá do sul

A mão calosa recolhe o cordeiro
E o aconchega na frente do rio
Lá no seu rancho falta tudo, menos filhos
Para mamar no peito e mamadeira
Mas graças a Deus e à vaca mocha
Tá sobrando leite na mangueira

E o gaúcho sorri e segue ao trote
Pelo ponche verde das coxilhas
Sorri porque tem rancho e tem família
Bem junto a terra, que é mãe de todos nós

Na cidade ninguém cuida dos guaxos
Órfãos nas ruas, lutando pelo pão
Morre a semente da vida nas calçadas
Morre a esperança pisada neste chão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s