Florinda – Raineri Spohr e Rodrigo Morales


1º Festival da Canção Nativa Flor de Maio – Três de Maio – RS – 2017.
Composição premiada com o Segundo Lugar, Melhor Arranjo, Melhor Melodia e Melhor Instrumentista (Leandro Rodrigues).

FLORINDA

Letra: Lucas Ramos
Melodia: Rodrigo Morales
Intérpretes: Raineri Spohr e Rodrigo Morales

“Hace tiempo”, mera lembrança, ”Florinda” em mim
Uma flor tão bonita, que conheci pelo mundo, enfim
Proibido gosto, pra meu desgosto, de outro jardim
Ficou na história, mas na memória, eu queria sim

Passaram-se os anos, aquele aroma, sofreguidão
Impregnado, na minha alma, como um refrão
Foi se “apocando”, sem mais “recuerdos”, pena que não
No pensamento, abandonado, ficou um botão

“El tiempo” gasto, espero vasto, essa “Florinda”
Fincado na terra, uma nova era, te “quiero” linda
Quem sabe um botão, desta floração, ”muy” cedo ainda
Na oração da terra, rancho tapera, ”el amor no finda”

Esse botão, por pouca lágrima, ressecou
Não morreria, porque sabia, que algo faltou
Anos depois, ”desjardinada”, rebrotou
Novo jardim, flor de jasmim, aflorou

Se aquerencia, desabrochando em meu canteiro
A forte poda, não me incomoda, me faz faceiro
Após os talhos, e muitos galhos, por “eu” matreiro
Hoje madura, floração pura, que nos faz parceiros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s