Beliscando o Vento – Ângelo Franco e Pirisca Grecco


20ª Coxilha Nativista – Cruz Alta – RS – 2000.
Composição que foi premiada com o Terceiro Lugar.

BELISCANDO O VENTO

Letra: Carlos Omar Vilella Gomes
Música: Ângelo Franco
Intérprete: Ângelo Franco e Pirisca Grecco

Joguei o sonho na cacimba funda,
buscando a seiva das lembranças ternas;
provei um pouco do que vi do mundo
e que o silêncio desse poço inverna.

Se vai o tempo, beliscando o vento,
nas crinas longas d’algum potro fera.
Uma saudade que remói por dentro
e um rosto lindo que ficou na espera…

A cada gole dessa seiva pura
surge a candura de um momento eterno,
um beijo claro pela noite escura,
um fogo aceso para o meu inverno.

E segue o tempo, beliscando o vento,
à cada gota que essa seiva traz…
Adaga rubra de loucura e medo,
guitarra plena de poesia e paz.

As tantas cores do viver de um homem,
das tantas flores que plantou na estrada,
vão desbotando e, algum dia, somem,
matando a sede nessa estranha aguada.

Enquanto o sonho tomba, poço adentro,
o homem sente que é chegada a hora…
Não mais que a vida se entregando ao vento,
não mais que o vento nos levando embora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s