Floreio Pro Avô – Pirisca Grecco


16ª Festival de Música Crioula de Santiago – Santiago – RS – 1999.*

FLOREIO PRO AVÔ

Letra: Tulio Urach, Pirisca Grecco e Tukano Netto
Música: Tukano Netto
Intérprete: Pirisca Grecco

No colo manso do avô,
Ouvia, com atenção,
Histórias de campereadas,
Causos de revolução…
De bailantas e rodeios,
E sua grande paixão:
Que era escutar o floreio
De uma gaita de botão.

Um dia disse baixinho:
— Toma essa gaita, guri!
Quando o vô tiver velhinho,
Tu canta pra ele dormir…
Fechou os olhos, sorrindo,
Para em seus sonhos levar
A lembrança da gaitinha
Que eu aprendi a tocar.

Tava pilchado a capricho,
Faceiro mais que borracho,
Num tranco firme de macho
Saiu fechando ‘as porteira’…
O pala abanando ao vento,
Assoviando a vaneira.

No colo manso do piá,
Conta a gaita, com emoção,
Histórias de campereadas,
Causos de revolução…
De bailantas e rodeios,
E sua grande vontade…
De fazer mais um floreio
Que é pra espantar a saudade!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s