Vingança – Ricardo Martins


16ª Vigília do Canto Gaúcho – Cahoeira do Sul – RS – 2005.

VINGANÇA

Letra: Angelo Franco
Música: Pirisca Grecco
Intérprete: Ricardo Martins

Atravessei meu cavalo pra ver o que acontecia…
Depois de enroscada a corda nas aspas da nostalgia,
Pois não gosto de lamúrias e tenho por garantia
Registro e confirmação no coração “das guria”.

Será que o destino pensa que um dia vai me dobrar,
Ou então, que eu vou chorar feito carola em velório.
Num gesto contraditório ao que faria um ninguém
Eu vou procurar alguém pra mostrar meu repertório.

E aquela china maleva, culpada por ser ligeira,
Ah! Vai conhecer mangueira, pois meu instinto de potro,
Por vezes vira num monstro mesmo sem fazer alarde,
Aquela china que aguarde o nosso próximo encontro.

Pois quando quero vingança eu tenho calma de monge,
Eu vou cercando por longe até chegar onde quero,
Se ainda é cedo eu espero e se é tarde não me enervo,
O objetivo eu conservo e o meu tempo eu recupero.

Eu vou mostrar pra tal prenda sob a forma de saudade
Que a própria felicidade sempre esteve do seu lado,
Pois posso ser aluado, mas de muita competência,
E talvez a minha ausência lhe sirva de aprendizado.

Atravessei meu cavalo porque tinha que ser feito,
Eu não o fiz por despeito, apenas me resolvi.
Por isso que estou aqui, emparceirado à guitarra,
Pra protestar numa farra os títulos que eu perdi!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s