Um Trago de Lua – Robson Garcia


24ª Sapecada da Canção Nativa – Lages – SC – 2016.

UM TRAGO DE LUA

Letra: Fábio Maciel
Música: Robson Garcia
Intérprete: Robson Garcia

Já está guaxa a primavera
Do setembro que lhe trouxe.
No arvoredo, há um “céu copado”,
Crivado de “lua doce”…

Donde andaram pica-flores
Pairando num galanteio,
Deixando pólen, “rumores”,
E os beijos num gambeteio.

Se assoma, agora, um pulpero,
Pra colher “luas” co’a mão.
E demonstrar que é possível,
Tocar no céu, desde o chão.

Juntando, assim, pro balcão,
“Senhoras” de pura essência.
Que farão a canha crua,
Dar adeus à transparência…
“Lunitas” claras, coloradas,
“Amarillitas”, Morenas…
Que às vezes afrouxam juras
Pensadas de alma serena.

Tenho então, no bolichero,
Bem mais que um “despachador”.
Pelo fato, é um milagreiro…
É confidente e “golpeador”.

…Arrancou do “céu copado”
E separou por garrafão,
As “quatro luas” do pago,
Que trago a trago, “se irão”.

São butiás, mais guabijus.
E araçá, há de duas cores.
Mas eu “golpeio” com o “baio”,
Pra não “lagrimiar” amores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s