Segredos do Meu Cambicho – João de Almeida Neto


5ª Coxilha Nativista – Cruz Alta – RS – 1985.
Composição que foi premiada com o “Troféu Bibiana” pelo Quinto Lugar.

SEGREDOS DO MEU CAMBICHO

Letra: José Atanásio Borges Pinto
Música: Dorotéo Fagundes
Intérprete: João Almeida Neto

Num fim de tarde de qualquer domingo,
Encilho o pingo e saio faceiro…
Arrastar asa pra china Rita,
Filha bonita do bolicheiro.

Levo a cordeona sempre na garupa,
E já num “upa”, sigo pra o bolicho.
Meu pingo baio marcha com aprumo,
Pois sabe o rumo desse meu cambicho…

Peço uma pura pra aquecer os dedos
E os meus segredos escapam da garganta.
A noite escura no olhar da china,
De relancina, vem buscar quem canta…

Como faz bem à alma do gaudério,
Esse mistério do olhar da amada.
A gaita entende esses olhares mudos,
Que dizem tudo sem falarem nada.

E quando eu volto pra os meus pelegos,
Desassossegos trago por parceiros.
Um dia caso com a china Rita,
Filha bonita desse bolicheiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s