Vidalera de Cismas – Joca Martins, Enio Capincho e Alessandro Ferreira


19ª Coxilha Nativista – Cruz Alta – RS – 1999.
Composição premiada pelo Terceiro Lugar e Melhor Conjunto Vocal.

VIDALERA DE CISMAS

Lera: Xirú Antunes
Música: Robledo Martins
Intérpretes: Joca Martins, Enio Capincho e Alessandro Ferreira

“Se perguntarem de onde venho…
– Venho rastreando a história,
Repisando trajetórias
Com geografias e ventos;

E a mim me agradam os argumentos
Que os pajonais oferecem…
Missais que fulguram preces
Desfiadas no entardecer.

Então eu começo a entender
As cismas que me aparecem.”

Vidala das minhas cismas
– Aroma dos meus recuerdos –
Consciência que carrego,
Redescobrindo argumentos.

Eu tenho um coração
Que já vem de casta antiga,
Um coração fogoneiro
Arabesco e cantor!

Da terra branca dos mouros
Aos verdes continentinos,
Meu coração vidalero
– Meu coração payador!

Meu coração é de barro,
De luas, madeiras e sonhos;
Mesmo céu destas fronteiras,
Pó das varridas dos ranchos.

Coração americano,
De Guevara a Martin Fierro;
De Neruda ao Caetano
– O profeta missioneiro.

Coração que bate forte,
Pulsando as ânsias da terra;
No peito de um teatino
Meu coração é um poeta.

Por mais que ande buscando
Um lugar onde parar,
Alguém de olhos cativos
– Um cativeiro no olhar.

Meu coração guarany
Não se cansa de cismar,
Já sabe que seu destino
É andar, cantar e sonhar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s