Quando o Ser Campeiro Invade – Giuliano Hoffman e Jeferson Pereira


3º Festival Nativista Baqueria de Los Piñares – Vacaria – RS – 2008.

QUANDO O SER CAMPEIRO INVADE

Letra: Rafael Ferreira
Música: Danilo Barcellos
Intérpretes: Giuliano Hoffman e Jeferson Pereira

Num atar de esporas pra empeçar a lida;
No encilhar dos fletes pra voltear lonjuras;
O rolar das pedras abancando os cascos
E o perder da doma junto às quebraduras!

O atar do lenço pra um bailado bueno;
O chiar da água que antecede ao mate;
O acoar dos cuscos alertando o rancho
E o terço de tentos junto, ao pé, do catre!

É o ser campeiro que invade o tempo
Pra mostrar ao mundo o que é daqui!
Quando o sul altivo rompe as fronteiras,
Cantando a cultura aos que querem ouvir!

Num laçar terneiros pra curar bicheira;
No trançar do couro em dias chuvosos;
No correr carreiras nas farras parceiras
E o olhar atento e firme dos pais!

No bolear do laço a buscar as aspas;
O aconselhar sincero na voz de um senhor;
O rezar à noite, junto à Aparecida,
E o viver gaúcho, seja onde for!

Ser campeiro… É o ser campeiro!
Ser campeiro!…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s