Terra – Marcelo Oliveira e Quarteto Coração de Potro


20ª Sapecada da Canção Nativa – Lages – SC – 2012.

TERRA

Letra: Adriano Silva Alves
Música: Cristian Camargo
Intérpretes: Marcelo Oliveira e Quarteto Coração de Potro

Choro o mesmo pranto, que guarda o encanto
Quando escuto teu silêncio;
Na ilusão do tempo, que repete ao vento,
Um canto…

Com razões contidas, chegada e partida
Benção clara de semente;
Que acolhe em teu ventre, que banha em vertente,
A vida…

Alma peregrina em seu destino de cruzar
Paciência que ensina, a cada dia um caminhar;
Andar…

Choro o pranto terra,
Que teu pranto encerra, na flor vida, que se abriu;
Lágrima que escorre e em silêncio dorme,
Em rio…

Solitário o tempo,
Andarilho o vento, face clara, lua inteira;
Fruto que envelhece, que renasce e cresce,
Poeira…

“Sou filho em teu ventre, me banha em vertente a vida
Fruto que envelhece, que renasce e cresce, poeira,
Alma peregrina em seu destino de cruzar;
Choro o mesmo canto, que vive em teu pranto, terra”…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s