Serrano de Fato – Jones Andrei Vieira


19ª Sapecada da Serra Catarinense – Lages – SC – 2019.
Composição premiada pelo Melhor Tema Sobre a Região Serrana.

SERRANO DE FATO

Letra: Jones Andrei Vieira
Melodia: Jones Andrei Vieira
Intérprete: Jones Andrei Vieira

“Tio Beja” escutou o ronco pro lado do Cajurú
Na “Boa Vista” foi visto de mango de couro cru
Quebrou geada em campo dobrado nos dias de invernia
Roncou grosso no “bodegão”, lá pras bandas da coxilha

No “Raposo” varou o “Pelotinhas”, “Morrinhos e Lavatudo”
Sesteou dormiu nos pelegos, cevou mate bem topetudo
Amadrinhou os tropeiros birivas, que cruzaram no “corredor”
De espora, pala, chapéu, barbicacho e tirador”

Neste bugio que levanto a alma serrana do pago
Sapecada com nó de pinho, o gosto do mate amargo
A templa de um fogo antigo reflete a história que canto
E as brasas em acalanto a embalar os sonhos que trago!

Quando abro minha gaita num bugio velho campeiro
“Cayuvá” debulha maduro vermelha o capão inteiro
Em junho o pinhão do tarde batizado de “macaco”
Só quem derruba é o bugio, que é serrano de fato!

Pras bandas de Urupema encontrou papagaio charão
No Rufino revoada de gralhas, bicho que esconde o pinhão
Pinhal igual não se viu, nos campos lá do “Painel”
Brindando ao esplendor com seus braços erguidos ao céu

Nos “Índios”, “Palmeira” e Tributo”, dançou baile de rancho
Onde tem bufo de gaita bugio sempre vai de caranacho!
De a cavalo cruzou a serra, tropeou o pago inteiro
Tomou um vinho dos buenos, com o “Tio Lelo” lá no Barreiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s