O Céu Lá de Fora – Adriana Sperandir


20ª Seara da Canção – Carazinho – RS – 2017.
Composição premiada como Melhor Melodia.

O CÉU LÁ DE FORA

Letra: Marcelo D’Ávila
Melodia: Davi Covaleski
Intérprete: Adriana Sperandir

O brilho artificial das avenidas
Reflete em nuvens negras seus matizes
E apaga, uma a uma, as estrelas
Deixando, triste, um céu com cicatrizes.

É o céu-tapera da cidade grande
Sem lume, sem beleza e poesia –
Sumido na frieza do concreto,
Perdido na ilusão do dia-a-dia.

Mas na campanha existe um outro céu
Povoado de estrelas-diamantes
Que alumbram com suas luzes as coxilhas
Tornando a própria pampa mais brilhante.

São olhos de inocentes curumins
Que tomam emprestado aos pirilampos
Seu brilho enfeitiçado de candeeiro
E velam, lá de cima, pelos campos.

Por isso quando a noite estende o poncho
Eu faço uma canção pra recebê-la
Pois só quem canta pode ter ouvido
Capaz de ouvir e entender estrelas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s