De Lacinho Atado – Cris Chardozino


19ª Sapecada da Serra Catarinense – Lages – SC – 2019.

DE LACINHO ATADO

Letra: Daniel Silva
Melodia: Gabriel Maculan e Daniel Silva
Intérprete: Cris Chardozino

Ao contemplar a janela silhueta do pastiçal
Traços de um homem rural, no qual penso o que vejo
Em mim habita o desejo e um coração sentinela
Do retorno pra aquela que lhe espera com um beijo

A tropa foi “hace tiempo”, a muitas luas afora
E o vazio desta demora, murchou flores na ramada
Mais aqui espera a amada, de regalo um mate quente
Cultivando um presente, encomendando as estrelas
Chegando com ponteçuelas, trazidas pelas cadentes

Por vezes em meio a chuva, sinto o frescor aromado
A ausência do teu costado consome minha aflição
Tua falta aqui no rincão, nos gritos com a potrada
Mais agora a sua amada, precisa de seu patrão
Pra atender dos redomão e da flor que chega nas casa

A bragada já deu cria nos “9” encomendei outro
Pra o costeio de um potro, pra encilha de sua filha
Agora aumenta a família, perdoa não ser varão
Mais igual em suas mãos vai seguir o seu legado
Pois vem de lacinho atado pra florir nosso rincão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s