Campesina – Márcia Freitas


3ª Salina da Canção – Balneário Pinhal – RS – 2016.
Composição premiada com o Terceiro Lugar.

CAMPESINA

Letra: Heleno Cardeal
Música: Heleno Cardeal
Initérprete: Marcia Freitas

Eu gosto de te ver voltar do campo na tardinha
E desencilhar
Eu gosto de te ver lavar o lombo do tordilho
E dependurar

Depois que lava o rosto na gamela
Só então vem na janela
Receber um mate e me beijar
Mateia com os olhos no tordilho
Enquanto não refresca¸ não vê milho
Pra não arejar

NA LIDA VEZ POR OUTRA UM ASSOVIO
QUA A CALMA DO SERVIÇO ESPANTA O FRIO
TE ESPERO PRA AQUECER NOSSO LUGAR

Não trouxe flor nenhuma lá do campo
E pouco importa
Eu gosto da retina dos teus olhos a cruzar
A minha porta

Me conta dos terneiros que nasceram
E do fim da primavera
De um verão chuvoso que virá
Não sabe me falar coisas bonitas
Me basta esse silêncio carinhoso
E o teu olhar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s