Gauderiando – Tiago Cesarino


15ª Vigília do Canto Gaúcho – Cachoeira do Sul – RS – 2004.

GAUDERIANDO

Letra: Henrique Abero
Música: Tiago Cesarino
Intérprete: Tiago Cesarino

Solto estas coplas campeiras…
Dando rédea ao pensamento,
No lombo desse bragado
Vão se espalhando no vento.

Orquetado neste pingo,
Vejo a vida mais bonita…
Campearei algum romance
Nesta noite, me palpita!
E as léguas que hoje percorro,
Nas ânsias são infinitas.

Sou simplesmente um gaudério
Que canta com galhardia,
Repontado a rima xucra
Em galpões e pulperias.

E amandrinhando estes versos
Nas horas de solidão…
Cantar de grilo e fumaça
Se mesclam ao fogo de chão.
Que, contraponto à guitarra,
Sustentam essa canção.

Bate casco estrada afora
Meu flete, atirando o freio!
A alma sabe o destino,
Pra um gauderiar não me enleio.

“El poblado queda cerca”,
Lindas chinocas vou ver…
Pealando corações
Antes do alvorecer.
E no abraço de uma prenda,
Tristezas vou esquecer…

Tomara que não termine,
Quero esta noite pra mim!
Arrocinando ela aos poucos,
Não vou escutar o clarim.

Estendendo campo afora,
Ao logo destas canhadas…
Vivo quebrando distâncias
Com penas embuçaladas,
E até que clareie o dia,
Vou tiflando nas estradas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s