Em Silêncio – Marcelo Oliveira


20º Grito do Nativismo – Jaguari – RS – 2006.

EM SILÊNCIO

Letra: Lisandro Amaral
Música: Carlos Madruga
Intérprete: Marcelo Oliveira

A sombra da noite linda
Sereno e campo florido
Derrama um corpo de amor
Sobre meu poncho estendido

Provo teu gosto em silêncio
Como quem bebe o luar
No proibido da noite
Não tive medo de amar

Provo teu corpo num sonho
Deste que ardem por dentro
Guardo comigo, em silêncio
O próprio gosto do vento

Talvez não saibas quem sou
Porque cruzei teu silêncio
No proibido da noite
Não viste a cor do meu lenço

Aos olhos da mañanita
Acorda o campo florido
Goteja um poncho em silêncio
Sobre a garupa do pingo

Talvez não saibas quem sou
Porque cruzei teu silêncio
No proibido da noite
Não viste a cor do meu lenço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s