Quando Lembrares de Mim – Victor Hugo


30ª Califórnia da Canção Nativa do RS – Uruguaiana – RS – 2001.

QUANDO LEMBRARES DE MIM

Letra: Adão Quevedo
Música: Maurício Marques
Intérprete: Victor Hugo

Quando lembrares de mim,
lembra bem devagarinho.
Como se um passarinho
pousasse na tua mão.

Quando lembrares de mim,
fecha os olhos de mansinho
A saudade faz seu ninho
nos galhos da solidão.

Quando lembrares de mim,
lembrar a hora do mate.
A saudade quando bate
quem atende é o coração.

Quando lembrares de mim,
lembra sem fazer alarde.
Há um sol que, ainda, arde
nas cinzas do nosso adeus.

Quando voltares pra mim,
volta envolta numa brisa.
Minha alma só precisa
do mel de um beijo teu.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s