Em Nome da Espora, do Mango e do Tento – Walther Morais e Nilton Ferreira


7º Cante Uma Canção em Vacaria – Vacaria – RS – 2010.

EM NOME DA ESPORA, DO MANGO E DO TENTO

Letra: Jaime Brum Carlos
Música: Ênio Medeiros
Intérpretes: Nilton Ferreira e Walther Morais

“Se o palanque é um templo, o aporreado é um altar
Onde o ginete se encontra com seu Deus pra comungar
Na trilogia campeira desta seita singular
Espora, mango e tento e dois anjos pra amadrinhar”

Correm as varas da porteira num contraponto ao minuano
Estão chegando os ginetes que o povo tava esperando
Brasileiros,argentinos e uruguaios são hermanos
Unidos no amor ao solo latino-americano

Trazem presa nas retinas, paisagens do seu rincão
Um breve santo no tento, nos lábios uma oração
Se o tombo é uma consequência, faz parte da profissão
Espora de sete dentes é só pra quem tem garrão

A gineteada é um culto na rude seita profana
As mais xucras tradições latino-americanas

São três palanques cravados, três símbolos, três valores
Num triângulo sagrado, no oriente dos domadores
Dois mestres pra os aporreados, monarcas e sentadores
E o terceiro enraizado no peito do Motta Flores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s