Rebolcão, Lida Gaúcha – Pirisca Grecco


16ª Vigília do Canto Gaúcho – Cachoeira do Sul – RS – 2005.
Composição que conquistou o prêmio de Música Mais Popular.

REBOLCÃO, LIDA GAÚCHA

Letra: Zeca Alves
Música: Érlon Péricles
Intérprete: Pirisca Grecco

Aperta que tá pealado
Gritou firmando o garrão,
E um sapucai desdobrado
No estouro d’um “rebolcão”

Guarda que vai meu parceiro
E o ginete se enforquilha,
Abrindo o peito campeiro
De quem vive entre a tropilha.

Numa ponta a polvoadeira
É uma nuvem de escarcéu,
Que fez a potra matreira
Virar de patas pro céu.

Na outra são duas mãos
Corpo atirado pra trás,
Fazendo pedir benção
Pro peão que sabe o que faz.

Torenas metendo pealo,
Mania de dar costeio,
Unindo o homem e o cavalo
Pacholeando num rodeio.

A potra no fio da espora
Aos pulos, sente e repucha…
A silhueta do índio taura
Retrata a lida gaúcha.

Termino assim o relato
De um costume do meu chão
O ginete é um carrapato
No ritual do “rebolcão”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s