Um Minuto de Silêncio – Marco Aurélio Vasconcellos (Minuano)


2º Minuano da Canção Nativa – Santa Maria – RS – 2003.

UM MINUTO DE SILÊNCIO

Letra: Heleno Cardeal
Música: Heleno Cardeal
Intérprete: Marco Aurélio Vasconcellos

Violão, te aquieta um pouco, por favor
O campo está chorando e quero ouvir
Silêncio, no bordão, só um pouquinho
Não sentes, meu parceiro, a dor do ninho
São ausências, tanta dor, quero sentir

Não vês o rio que morre a cada passo
Murmúrios e lamentos não são rimas
Silêncio, por favor, cala estas primas
O campo nos merece esse respeito
E meu peito há de prantear a dor do rio

Não ouves, implorar, o quero-quero
Querendo vida, num querer tão incessante
Cala, por mim, as naturais, as dissonantes
Se chora o campo, pelo rio, um fio na terra
Por um minuto entenderei que tu não cantes

Esquece, violão, solta o teu canto
Talvez esse cantar seja teu pranto
Teu triste bordonear, a tua dor
Talvez não seja nada, só alento
Qual voz do vento a consolar meu campo

Explode em melodias, faz canções
O campo há de sentir haver guarida
No pinho que te deu, guardaste vida
Devolve, que de amor anda deserto
E há de florescer pelo teu canto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s