Lechiguana – Leonel Gomez


14º Acampamento da Canção Nativa – Campo Bom – RS – 2015.

LECHIGUANA

Letra: Rogério Ávila
Música: Leonel Gomez e Juliano Gomes
Interpretação: Leonel Gomez

Lechiguana,
Meu amor por ti…
Nem sei como me atrevi
A me entregar ao toreo,
La pucha que rejoneo
Quando de ponta paraste
E num sorriso fitaste
Desmanchando meu rodeo!

Lechiguana,
Meu amor por ti…
É mate amargo que sorvi
Nas frias manhãs do agosto,
Sentindo o gelo no rosto
Da distância e da saudade
Doce a bem da verdade
Traicionero…Que é teu gosto!

Lechiguana,
Meu amor por ti…
Lechiguana,
É o doce amargo que sorvi.

Por que meu Deus,
A pena do amor é linda… Lechiguana!
Branca como a geada
Que amanhece congelada
Cardada, nesta trama campechana…

Por que meu Deus,
A pena do amor é doce… Lechiguana!
E eu que vivo penando
Do teu amor, vou a mando,
Mas pelegueando, linda e doce… Lechiguana!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s