Pampeana Fé – Jari Terres e Raineri Spohr


1ª Aldeia da Música do Mercosul – Gravataí – RS – 2004.
Composição que recebeu o prêmio de Melhor Arranjo.

PAMPEANA FÉ

Letra: Xirú Antunes
Música: Edilberto Bérgamo
Intérpretes: Jari Terres e Raineri Spohr

No rumo dos caminhantes
Passo lento e por instantes
Há algo que os invoca
Estranha força que aflora

Invisível aos embates
Mas que vive amanhecendo
Na transparência dos mates

Que os baguais erguem nas patas
Que é tombo, depois levante
Que é florada, mel e flor
Madrugada de um cantor

De asa e bico sonoro
Anunciando o dia nosso
Na oração das manhãs

É prece na boca dos meus
Povo bugre dos galpões
Junto ao altar dos tições
No terço das sesmarias

Na pátria das recorridas
Sobre o zaino dos bastos
No lombo dos redomões

É a alma dos benditos
No tempo das tolderias
Pedindo paz aos proscritos
Que levavam por instinto

O aço das nazarenas
No entrechoque dos rumos
A cantiga sereneira

Do barro dos barreiritos
A cruz das almas solitas
Mão índia trançando o catre
Negro de sal e de charque

O beijo do tacuapi
É a força maior da vida
Que nos trouxe até aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s