Das Coisas Que Não Sei – Joca Martins


6ª Vertente da Canção Nativa – Piratini – RS – 2002.*

DAS COISAS QUE NÃO SEI

Letra: Eduardo Muñoz
Melodia: Andrigo Xavier e Rodrigo Maia
Intérprete: Joca Martins

Não sei por que minha alma
sempre tenta desvendar
as coisas que só o tempo
pode vir a nos contar…
Será que padece mais
quem escuta o coração,
se vale à pena entregar-se
por inteiro a uma paixão?

Não sei nem se sou poeta
e autor deste poema,
ou se só sirvo de ponte
à inspiração suprema…
E muito menos se o tempo
nos reserva melhor sorte
no dia de responder-me
se há vida após a morte…

Só sei que por mais que ande
não terei todas respostas,
e que ao ler os olhos alheios
mais a verdade se mostra,
que os sentimentos da gente
não reconhecem as leis
e também que “não sei nada
sobre o que acho que sei…”

Não sei se é justo os homens
julgarem os seus iguais,
nem por que brigam por coisas
que logo não terão mais.
Se o impossível existe
ou o homem por descrença
faz possível, o impossível
ser pra ele uma doença…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s