O Cantador e o Violão – Analise Severo


17ª Ronda de São Pedro – São Borja – RS – 1998.
Composição premiada com o Segundo Lugar e Melhor Intérprete (Anelise Severo).

O CANTADOR E O VIOLÃO

Letra: Raul Bósio
Música: Raul Bósio
Intérprete: Anelise Severo

Ser cantador é mais que ser disperso,
Soltar rimas à toa pelo vento;
É ter uma canção pra cada verso,
Seja ele de alegria ou lamento.

No fogo das seis cordas se consumir,
Tornar a melodia um ato de existir;
Sonhar, ainda que queimem minhas feridas…
Cantar é expor na pele a própria vida.

Violão, quantas vezes eu busquei tua voz
Pra dizer as emoções que são de todos nós;
Liberdade se faz quando todos são iguais…
Cantador, eu sou e assim vou terminar!

Teu mundo me ensinou o que é sentir,
Tocar-te, é aprender o que é sorrir;
Violão, tu és a fonte onde eu encontro
A força para um dia após o outro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s