Razões de Ser – Marcelo Oliveira


2º Ibicuí da Canção Nativa – Manoel Viana – RS – 2006.
Composição premiada com o Segundo Lugar e Melhor Intérprete (Marcelo Oliveira).

RAZÕES DE SER

Letra: Lisandro Amaral
Música: Lisandro Amaral
Intérprete: Marcelo Oliveira

Meu sonho toureou na estrada muito aguaceiro.
Por ter a alma de poncho, se fez tropeiro!
Aos olhos brancos da lua rondou ausências de ti,
sabendo que o fim da estrada é longe daqui.

Bocal sovado no queixo de um mouro pampa,
empurra um resto de vida que é tropa larga…
As duas cruzes de espinhos, na espora falam por si
e sabem que o rancho dela é longe daqui.

Tenho as mãos do tempo,
sou irmão de tantos,
que andaram sem norte
seguindo tropas
de tantos senhores
e agora changueiam vida
nos corredores…

Será a saudade o terço dos deserdados?
Será um corredor o céu de quem se perdeu?
Terá, no altar do campo, uma cruz cravada
quem nunca apeiou na estrada e pediu por Deus?

Meu sonho plantou nos olhos muito aguaceiro,
por ter alma tropeira, acendeu luzeiros!
Aos olhos baios do sol, clareou ausências de ti,
buscando razões de ser e estar aqui…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s