O Campo Pede Perdão – Jari Terres, Guilherme Collares e Edilberto Bérgamo


4º Canto Sem Fronteira – Bagé – RS – 2006.
Composição premiada com o Segundo Lugar e Melhor Melodia.

O CAMPO PEDE PERDÃO

Letra: Guilherme Collares
Música: Edilberto Bérgamo
Intérprete: Jari Terres, Guilherme Collares e Edilberto Bérgamo

O campo pede perdão
Por ser campo e nada mais…
Alma posta em oração
Pelo altar das invernadas.
O campo pede perdão
Por ser vida e nada mais…
Seiva posta em comunhão,
Do verde em bocas sofridas.

Do espinilho que morreu,
O verde perdeu o tom,
O seival não floresceu
Seu sangue em gotas de cor.
A vaca que mal pariu,
Lambendo o sangue ficou…
Na seca que mata
Muito mais que a própria vida.

O manto azul deste céu
Saberá da dor,
Que o campo chorou o som
Das vertentes mudas.
Berram sinas de treval
Nas charqueadas das areias,
E a primavera olfateia
A tropa que não nasceu…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s