Vento Sul – Neto Fagundes


8º Grito do Nativismo – Jaguari – RS – 1994.
Composição premiada com o Primeiro Lugar e Melhor Intérprete par ao Neto Fagundes.

VENTO SUL

Letra: Robson Barenho
Música: Talo Pereyra
Intérprete: Neto Fagundes

Vento sul anda em folia!
Parece o meu coração
festeiro de noite e dia
desde que o amor, com Luzia,
desembarcou na estação.

Veio do sol ou então
das veias da maresia
onde ela me beijaria
e um beija-flor – por que não? –
de ciúme improvisaria
canções ao vento folião.

Vento sul anda em folia!
Me lembra Anita,
a lendária das terras que não possuía
pois, solidária, fazia
com seus, reforma agrária
Bem vinda da luta diária,
por chão de pães e poesia
onde ela produziria também o amor,
grão por grão,

Bailar com esse vento vão
mulheres de poesia e pão,
mulheres de roçados, vilarejos, capitais.
Pois esse amor é como um peão
latino americano ou não;
é como peão sem pago
que se vai, se vai, se vai.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s