Mala de Garupa – Mário Barbará


14ª Califórnia da Canção Nativa do RS – Uruguaiana – RS – 1984.

MALA DE GARUPA

Letra: Mário Barbará
Música: Sergio Napp
Intérprete: Mário Barbará

Nessa mala de garupa
Fumo em rama e um baralho,
Uma faca na bainha
Com a qual eu dou meus talhos.

Vai num canto, escondida,
Uma ponta de saudade,
Rapadura, erva mate
E um bilhete pra cidade!

Lá no fundo guardo um sonho
Desses que jamais vingou,
Uma funda e uma isca,
Da pandorga o que sobrou…

Um punhado de caminhos
E outras tantas geografias,
Um pedaço de esperança,
Mais um tanto de alegrias.

Vai um sol já meio gasto
E uma rosa esquecida…
Um lugar onde refaço
Meus estragos e feridas.

Dentro dela meus retalhos,
Meus amores, minhas lidas!
Nessa mala de garupa
Vai a vida… Vai a vida!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s