Canção das Pedras Brancas – Marlene Pastro


3ª Reculuta da Canção Crioula – Guaíba – RS – 1985.
Composição premiada com o Melhor Arranjo, Melhor Tema Épico e Melhor Intérprete Feminino (Marlene Pastro)

CANÇÃO DAS PEDRAS BRANCAS

Letra: Alcy Cheuiche
Música: Marlene Pastro
Intérprete: Marlene Pastro

Meus sete filhos varões
Atravessaram o Guaíba
Meus olhos não vêem mais
A grande vela encardida
Do barco dos liberais

Guerra, Guerra, aos Imperiais!
Guerra, Guerra, aos Imperiais!

Meus sete filhos varões
Peleando ao lado do pai
São sete noites de amor
Doendo dentro de mim
A dor de sete punhais

Guerra, Guerra, aos Imperiais!
Guerra, Guerra, aos Imperiais!

O gado todo extraviado
A casa quase tapera
As mãos sangrando no arado
Cabelos brancos na espera
Dos filhos que não vêm mais…

Guerra, Guerra, aos Imperiais!
Guerra, Guerra, aos Imperiais!

Meus sete filhos varões
Morrendo ao lado do pai
São sete flores de amor
Murchando dentro de mim
No ponche verde da paz!…

Guerra, Guerra, aos Imperiais!
Guerra, Guerra, aos Imperiais!
Guerra, Guerra à Guerra!…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s