Baile de Rengo – Eraci Rocha


5ª Seara da Canção Gaúcha – Carazinho – RS – 1985.
Composição vencedora da Categoria Galponeira, recebeu o troféu “Cancioneiro Gaúcho”. Também como Troféu especial, recebeu o título de Canção Mais Popular.

BAILE DE RENGO

Letra: Nilo Brum
Música: Eurides Nunes
Intérprete: Eraci Rocha

Andava cruzando estrada
Na sina de andarengo,
Me topei com um baita baile
Na casa do Pedro Rengo.

Fui pedindo uma vaneira
E o gaiteiro me fez senha,
Indicando o Pedro Rengo
Que olhava de cara feia.

E o gaiteiro cochichava
Perguntando: “o que que eu faço?”
No baile do Pedro Rengo
Só se dança o contrapasso.

Neste baile diferente
Só não manca quem rengueia.
E o gaiteiro faz compasso
Com jogo de sombrancelha.

Era sempre o mesmo tranco
E eu fui ficando intrigado,
Já tava com a perna dura
De “rengueá” pro mesmo lado.

Me cheguei para o gaiteiro
Com esta pergunta franca,
Ou estou muito enganado
Ou toda esta gente é manca.

O gaiteiro me contou
Que o Pedro não solta o par,
E apesar do seu desconto
É tarado por dançar.

E por ser o dono da casa
Dita o baile com arrocho.
Pois se todo mundo manca,
Não se sabe quem é coxo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s