Da Terra Nasceram Gritos – Daniel Torres e João de Almeida Neto


15ª Califórnia da Canção Nativa do RS – Uruguaiana – 1985.

DA TERRA NASCERAM GRITOS

Letra: Jayme Caetano Braun e Cenair Maicá
Música: Maestro Buri e Nito Padilha
Intérpretes: Daniel Torres e João de Almeida Neto

Mataram meus infinitos
E me expulsaram dos campos,
Da terra nasceram gritos,
Dos gritos brotaram cantos.

E me fiz canto — de tropeiros e ervateiros,
Rasgando sulcos — com arado e saraquá.
Nas alpargatas dos quileiros e chibeiros
Andei as léguas — de Corrientes e Aceguá.

Meu canto é rio — meu canto é sol — meu canto é vento,
Eu tenho berço — eu tenho pátria — eu tenho glória,
Eu só não tenho — a terra própria — porque a história
Que eu escrevi — me deserdou — no testamento.

De qualquer forma — bem ou mal — não me emociono
Com os que combatem as verdades do meu canto.
Sem ter direito — de comer — nem o que planto,
Só não entendo — é tanta terra — e pouco dono.

Mas mesmo assim — tenho pra dar — um outro tanto,
Se precisarem do meu sangue — noutra guerra.
Mesmo sem terra — hei de voltar — grito de terra,
Pelo milagre — das espigas do meu canto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s